terça-feira, 22 de março de 2011

Formas de proteger as plantas

Podemos proteger as plantas assim:
Não pisar as plantas,andar pelos carreiros, não cortar as plantas,não poluir as florestas,regar as plantas, não poluir o ar que respiram,nós temos de respeitar as plantas temos de dar comer ás plantas, temos de dar água ás plantas, não podemos
deixar os outros homens arrancá-las de livre vontade, não podemos deixar haver os incêndios e nos parques têm de ter sempre regras para não poluir.
Os nossos governantes têm leis para proteger as plantas e existem parques naturais
que protegem as plantas.

E assim é o nosso texto.

FIM

Constituição das plantas

As plantas têm frutos, folhas, flores, caule, ramos, raiz, e sementes.
Algumas plantas têm pólen nas flores outras têm resina no tronco.
A raiz das plantas pode ser aprumada ou fasciculada.
As folhas podem ser: espinhosas, grossas, finas, grandes, pequenas, caducas (se caírem todas no Outono) e persistentes (se caírem só quando forem velhas).
O caule pode ser: lenhoso ou mole.
A copa pode ser: grande, pequena e com várias formas.
As flores podem ser: altas, baixas, espinhosas, coloridas, comestíveis e não comestíveis.
Os frutos podem ser: não comestíveis ou comestíveis, grandes, pequenos, com formas variadas e de várias cores.
As sementes podem ser de vários tamanhos. Nós conhecemos e comemos algumas sementes, tais como grão, feijão e sementes de abóbora, etc.
Algumas plantas servem para fazer chá e medicamentos, tais como a tília e a erva cidreira.

Trabalho realizado por Débora e Daniel - 3º ano

Papel das plantas nas florestas

As plantas servem para fazer abrigos para os animais como: ninhos, tocas para passarem lá a noite, hibernarem no Inverno e estivarem no Verão.
Algumas plantas servem de alimento para os animais herbívoros e omnívoros.
As plantas também dão oxigénio.
Há plantas que dão frutos comestíveis ou não comestíveis. Algumas plantas servem de camuflagem para os animais se esconderem.A hera é uma planta com raízes aéreas. A maior parte das plantas conhecidas são terrestres como: pinheiros, alfaces, cenouras, tomates, etc.
Nós conhecemos algumas plantas aquáticas como: algas, nenúfares, etc.

Trabalho realizado por Júlio e José - 3º ano

segunda-feira, 14 de março de 2011

Vamos fazer cinema!!

Segunda Feira,14 de Março
Hoje  chegaram à escola realizadores de cinema para fazermos um filme de animação. De manhã, a Joana (realizadora) e o Rodolfo (realizador), estiveram-nos a mostrar como se punha um boneco a mexer. Eles tinham uma câmara ligada ao computador apontada para o quadro e o Rodolfo desenhou imagens que apareciam no computador. Ele fez um passaro e tirou 3 fotos com a asa para baixo e depois tirou com a asa para cima a seguir punha as fotos a passar rápido e o pássaro mexia a asa para cima e para baixo.
Depois fomos ao intervalo. E entrámos para a sala outra vez e la dentro eles deram-nos livros que se chamam flip-book. Nós tinhamos que passar as folhas rápido para vermos os bonecos a mexer. Ainda antes de irmos almoçar fizemos desenhos. Fiz uma cara com olhos, boca e nariz e no outro lado um bouco maior e depois a boca, o nariz e os olhos iam aumentando.
A seguir fomos almoçar depois de brincarmos entrámos e fomos fazer mais desenhos com movimento.
Ao fim do dia vimos vários filmes de animação com técnicas diferentes para decidirmos melhor como vai ser o nosso filme.
(Gonçalo Vicente)
Nota do prof.: O Rudolfo e a Joana são realizadores profissionais - http://photograma24.blogspot.com/ - e vão trabalhar com a nossa escola durante duas semanas num projecto criado pela Associação Palha de Abrantes.


Terça Feira, 15 de Março 
O Rodolfo e a Joana voltaram. Montaram umas mesas que tinham luzes por baixo para podermos copiar um desenho já feito e mudar só as coisas que mexem. Isto só serviu para vermos o trabalho que vai dar o filme que vamos fazer. Enquanto uns estavam a desenhar os outros estavam a ver como é que se punham as imagens no computador. Também fizemos experiências com lápis em cima de uma mesa. A câmara estava apontada para os objectos que íamos mudando lentamente. Demorou muito tempo. Nós tínhamos de ir mexendo devagar o objecto, neste caso um lápis e tirar uma fotografia, para o filme tivemos que tirar muitas fotografias e também tínhamos de ter muita paciência.
Quando fizermos o filme a sério não vamos poder estar sempre a falar nem a distrair os outros. Vai dar muito trabalho.
(Matilde Neto)
Quarta-Feira, 16 de Março
Hoje fomos todos para a sala da professora.
Dentro da sala o Redolfo e a Joana a mostraram -nos uns desenhos que os meninos do 3º e do 2º ano fizeram na Terça - Feira.
A Joana e o Rodolfo com esses desenhos fizeram filmes e mostraram -nos para vermos os problemas que temos que saber resolver. Explicaram-nos que não devíamos fazer desenhos à beira da folha, não carregar muito no lápis, não fazer muita coisa na folha, quando se tira uma fotografia tem de se esperar algum tempo para a fotografia ficar no computador e se pusermos uma mão quando a fotografia está a por-se no computador fica lá a nossa mão, e não podemos estragar o trabalho dos colegas.

Quinta e Sexta-Feira
O trabalho acumulou-se, e faltava construir uma prenda para o pai. Na azáfama, não houve tempo para escrever o diário.
No Domingo às 17 horas teremos mais uma sessão de cinema de animação na Casa do Povo. Os Pais foram convidados, e vamos recordar esta fantástica semana de trabalho, graças às fotografias que a Joana tirou:
Vamos parar na próxima semana, mas depois a aventura vai continuar...
video

(prof. Tomás)