sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007

A circunferência

Hoje andámos a desenhar circunferências no chão do pátio.


E encontrámos este poema sobre a circunferência.

Sua Excelência
a circunferência
perdeu a paciência.
Saiu do papel
e fez-se anel.
Agora anda a passear
no lindo dedo da Raquel.

Luisa Ducla Soares

2 comentários:

MJoão disse...

Pelo tamanho do fio, ficou uma grande circunferência! E já agora, como se chama ao interior da circunferência?

Anónimo disse...

esta mt giro.